Para garantir a segurança das transações, a Consorciei precisa comprovar as informações das cotas de consórcio e garantir a identidade de cada cliente. Para isso, é necessário durante o processo alguns documentos confirmatórios.

A forma de envio e até mesmo a real necessidade de certos documentos variará dependendo da administradora do seu consórcio.

Se a sua administradora for parceira da Consorciei, todo o processo é feito de forma 100% online.

As informações da sua cota de consórcio são checadas diretamente com a sua administradora depois da sua autorização formal para compartilhamento das informações (de acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados).

Os documentos pessoais necessários deverão ser anexados dentro da própria plataforma Consorciei e o contrato de cessão das cotas deverá ser assinado digitalmente dentro da plataforma.

Tudo é concluído em pouco minutos.

Se a sua administradora ainda não for parceira da Consorciei, alguns documentos precisarão ser enviados, mas nosso time irá ajudá-lo para garantir um processo fácil e rápido.


Para confirmar as informações da sua cota, precisaremos que nos envie documentos comprobatórios da cota. Esses documentos (por exemplo, extrato atualizado do consórcio) podem ser obtidos junto à sua administradora (portal online, chat ou central de atendimento). Neles, constam informações relevantes para conseguirmos lhe oferecer a melhor proposta possível, como valor do crédito, saldo devedor, parcelas restantes, lances contemplados nas últimas assembleias, entre outras informações.

Uma vez fechado o negócio, precisaremos de documentos para formalizar a transação, são eles: documentos pessoais e respectivas cópias autenticadas, contrato de cessão de cota com a Consorciei e, dependendo de cada caso, contrato de cessão de cota da administradora ou procuração pública feita em cartório.

Segue abaixo tabela resumo com os principais documentos necessários e formas de envio:

Entenda o que significa cada um desses documentos:

  • Documentos comprobatórios da cota: extrato atualizado da cota e, se necessário, documentos do grupo, como ata das últimas assembleias. No caso de administradora parceira, esses documentos não são necessários
  • Documentos pessoais: para formalizar a transferência da sua cota de consórcio, a sua administradora de consórcios exige alguns documentos pessoais do titular da cota (ou, em caso de Pessoa Jurídica, da empresa e de seus representantes legais):
  • CNH ou RG com CPF (fotos e cópias autenticadas)
  • Comprovante de residência (fotos e cópias autenticadas)
  • Caso o titular da cota for Pessoa Jurídica, cópia do contrato social ou certidão simplificada da empresa e cartão CNPJ
  • Contrato de cessão de cota com a Consorciei: este contrato formaliza os termos da venda da sua cota, isto é, o nome do comprador e do vendedor, a cota em questão, o preço e outras informações relevantes.
  • Contrato de cessão de cota da administradora: este contrato formaliza a cessão da cota perante à administradora, transferindo todos os direitos e obrigações da cota de consórcio para a Consorciei.
  • Procuração pública: feito pelo dono da cota, necessariamente pessoalmente num cartório de tabelionato de notas. Em alguns casos, este documento pode ser necessário para autorizar a Consorciei a resolver toda a burocracia de transferir a sua cota de consórcio no seu nome. Isso também permite que paguemos você pela sua cota mais rápido, pois não precisamos esperar o processamento da transferência na administradora. Um modelo desta procuração é preparado pela nossa equipe, mas quem redige e imprime a versão final é o próprio cartório.

Se decidir vender sua cota na Consorciei, nossa equipe está pronta para te auxiliar a cada passo do processo, garantindo que você consiga vender sua cota de forma rápida e segura.